sexta, 26 de janeiro de 2018 - 08:56h
Estado inicia transição do Diário Oficial em papel para a versão eletrônica
Equipe que vai operar o novo sistema já está recebendo capacitação.
Por: Nathacha Dantas
Foto: Philippe Gomes
A capacitação iniciou nesta quinta-feira, 25, e deve durar dois dias no Prodap, instituição que criou o sistema.

O Diário Oficial Eletrônico do Amapá deverá ser implantado em 90 dias. E para operar esse novo sistema uma equipe formada, inicialmente, por 12 servidores, está sendo treinada. São técnicos da Secretaria de Estado da Administração (Sead) e da Imprensa Oficial. A capacitação iniciou nesta quinta-feira, 25, e deve durar dois dias no Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap), que criou o sistema.

“Nós precisávamos partir para a era digital. É um grande passo na gestão pública. São mais de 300 mil reais que serão economizados, anualmente”, enfatizou a secretária adjunta de Administração, Regina Duarte. Ela informou que essa é a primeira etapa do processo. Depois, haverá o curso de diagramação.

Com a nova plataforma, o tempo de publicações oficiais da Administração Pública Direta e Indireta será reduzido de dias para horas. Pois, a produção de um exemplar no método artesanal varia de acordo com o número de páginas, podendo chegar a até uma semana.

Que o diga Sebastião Ataíde, 69 anos, que atua na Imprensa Oficial do Governo do Amapá há 44 anos. “Eu sou do tempo em que produzíamos o diário com o método da tipografia, depois passamos para o manual e, agora, chegou o digital. Me sinto realizado, pois é algo que espero há muito tempo e fico feliz em fazer parte dessa história”, declarou.

Transição

Inicialmente, o Diário Oficial Eletrônico rodará de forma experimental por 90 dias. Será um processo gradual para eliminar as versões impressas, feitas há mais de 70 anos. Depois que a Lei nº 2.268 que instituiu o Diário foi aprovada em dezembro do ano passado, o Prodap viabilizou o ambiente tecnológico com as ferramentas, sistemas, aplicações e bancos de dados. Tudo para operacionalizar a recepção das informações, diagramação, produção, revisão e publicação no ambiente virtual para acesso público.

“Vamos migrar do método artesanal oportunizando uma tecnologia humanizada. Essa inovação vai melhorar o desempenho do servidor e facilitar a vida do cidadão que poderá consultar o Diário Oficial, totalmente online”, destacou o diretor-presidente do Prodap, Lutiano Silva.

Para o gerente de projetos da Sead, Marlúcio Alcântara, o novo sistema terá um impacto positivo não apenas na economia, como também irá quebrar barreiras geográficas e, sem o uso de papel, contribuir com o meio ambiente. “É um produto que vai gerar diversos benefícios para a administração pública e para a sociedade. Estamos construindo um legado”, declarou.

Versão Digital

A equipe que está recebendo o treinamento vai atuar na operacionalização da Imprensa Oficial, apoio e assessoria técnica e de alta gestão. É que, além da produção do Diário, também serão gerados dados estatísticos como, por exemplo, o volume de páginas publicadas e o número de acessos.

Será criado um verdadeiro parque tecnológico para agregar informações integradas num ambiente virtual e interativo. Isso permitirá fazer buscas avançadas com novas funcionalidades e facilidades de pesquisa para o usuário. A Sead já disponibiliza uma versão do Diário Oficial em formato digital e, em 2017, foram contabilizados mais de 280 mil acessos.

A Secretaria de Administração pretende manter o parque de equipamentos antigos para a visitação do público, principalmente, de acadêmicos que buscam os arquivos como fonte de pesquisas da história da Imprensa Oficial. 

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
Rua São José, nº 290 - Cep: 68900-110, Macapá - AP - (96) 3131-2608 - ouvidoria@prodap.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá