terça, 29 de maio de 2018 - 08:48h
1º Hackathon: Acadêmicos são desafiados a criar soluções tecnológicas para gestão pública
Maratona reúne 33 acadêmicos das redes pública e privada durante três dias. Equipe vencedora ganhará estágio remunerado no Prodap.
Por: Iracilda Tavares
Foto: Sidney Cardoso
Objetivo da competição é oportunizar aos estudantes mais possibilidade de adquirir conhecimento prático na área

O Centro de Gestão de Tecnologia da Informação (Prodap) iniciou nesta segunda-feira, 28, o 1º Hackathon para a Gestão Pública do Amapá, competição voltada para estudantes da área de Tecnologia da Informação (T.I.) das redes pública e privada. A maratona reúne 33 participantes que têm como desafio criar, em três dias, protótipos que possam ser aplicados ou desenvolvidos para ajudar o Governo do Amapá a solucionar dificuldades na área da tecnologia, na administração pública. A equipe vencedora ganhará um estágio remunerado no Prodap.

Os 33 participantes foram divididos em 11 esquipes concorrentes, compostas por três acadêmicos. “Iniciamos a competição falando sobre a metodologia dos trabalhos e critérios de avaliação. Foi proposta uma temática aberta, justamente, para que as equipes exponham suas perspectivas sobre o governo, seja no setor da saúde, educação ou outro segmento”, explicou o diretor-presidente do Prodap, Lutiano Silva.

Lutiano Silva acrescentou que, após a criação dos protótipos, os concorrentes devem apresentá-los de forma criativa e inovadora, mostrando uma solução tecnológica que venha contribuir com os serviços da gestão pública estadual. Cada participante deverá dispor de equipamentos como notebook, conexão wireless durante todo o evento. O Centro de Gestão de Tecnologia da Informação disponibilizará espaço físico, acompanhamento técnico e acesso à internet.

Durante a competição, a comissão julgadora avaliará os projetos sob os critérios de aplicabilidade, inovação e/ou usabilidade. Todos os participantes da equipe vencedora receberão como prêmio um ano de estágio remunerado no Prodap, no valor R$ 550. “Nosso objetivo com essa maratona é dar aos estudantes, mais possibilidades de adquirir conhecimento prático na área e experiência para o mercado de trabalho”, explicou o diretor-presidente do Prodap.

As equipes que ficarem em 2º e 3º lugares, poderão participar de cursos de fotografia digital e audiovisual, do programa Cidadão Digital, que é desenvolvido pelo órgão, além de ganhar certificado de participação no evento.

1º Hackathon

O Hackathon tem como tema ‘Modernização da Gestão Pública por meio da Informatização’ e tem o objetivo de desenvolver um software que atenda a um fim específico ou projetos livres que sejam inovadores e utilizáveis. O termo “hackathon” significa maratona de programação e resulta da combinação de duas palavras da língua inglesa: “hack”, que significa programar com excelência, e “marathon”, cuja tradução é maratona.

Entre os participantes estão acadêmicos da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (Ifap), além de faculdades privadas. Jamilli dos Santos Doumany, 33 anos, é acadêmica do 6º semestre do curso de Licenciatura em Informática, no Ifap, e é a única mulher participante da competição. Ela disse que a maratona será de grande valia para a sua formação, por se tratar da primeira experiência dela na área.

A jovem descreve que a ferramenta que sua equipe pretende desenvolver evitaria filas para a marcação de consulta no Hospital de Clínicas Alberto Lima (Hcal), em Macapá.

“A ideia é que o próprio atendente da Unidade Básica de Saúde [UBS], após o paciente ser encaminhado para um especialista, conseguisse agendar, na própria UBS, a consulta com o especialista no Hcal, com data e horário da consulta”, explica Jamilli Doumany. Ela acrescentou que, próximo da consulta, o paciente receberia um alerta de SMS no próprio telefone, confirmando o agendamento com a opção de desmarcar ou não a consulta.

 

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
Rua São José, nº 290 - Cep: 68900-110, Macapá - AP - (96) 3131-2608 - ouvidoria@prodap.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá